Curiosidade mata: Por que não existem alimentos de cor azul na natureza?

Por: Priscila Gorzoni

Não existe na natureza porque não tem nenhum composto com funcionalidade fisiológica específica de cor azul. Essa cor é encontrada apenas por variação de pH das antocianinas. Os principais compostos responsáveis pela coloração dos alimentos, denominados de pigmentos naturais, são: as clorofilas (cor verde, encontrada apenas em vegetais), mioglobina e hemoglobiana (vermelho, encontrados apenas em animais), carotenóides (amarelo a vermelho, encontrado em vegetais e animais), antoxantinas (brancas a amarelas, encontradas apenas em vegetais como cebola, repolho branco, batata) e antocianinas (vermelho a roxo, encontradas apenas em vegetais, como morango, beringelas, etc.). Em alguns alimentos, principalmente os vegetais, são encontradas misturas destes pigmentos e a cor do alimento é resultante da mistura, como por exemplo a beringela que contém clorofila (verde) e antocianina (vermelha) e cuja mistura apresenta cor roxa.Os pigmentos são produzidos pelo sistema bioquímico do vegetal ou animal e estão relacionados com a sua funcionalidade fisiológica. Em termos nutricionais, a cor dos alimentos estipula os tipos de vitaminas e componentes que ele possui. Para aumentar o rendimento físico ou a performance é necessário ter o prato o mais colorido possível, assim contará com uma gama de macronutrientes e micronutrientes. Quanto mais intensa for a cor dos alimentos mais ricos serão em vitaminas e minerais.

AS CORES DOS ALIMENTOS:

Os alimentos verdes são fontes de vitamina A, Complexo B, C, fósforo, ferro, cálcio e potássio.

Os vermelhos, avermelhados, alaranjados e roxos: são fontes de vitamina A, C, Complexo B, fósforo, cálcio, potássio, ferro e magnésio.

Os de cor marrom: são fontes de vitamina A, Complexo B e sais minerais como ferro, cálcio, fósforo.

Os vegetais de cor branca ou esbranquiçada: são fontes de vitamina C, cálcio, fósforo e ferro.

Fonte: Rafael Almudi Villen, engenheiro de alimentos da Faculdade Mauá e Ana Paola Monegaglia, nutricionista.

Um comentário sobre “Curiosidade mata: Por que não existem alimentos de cor azul na natureza?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s